Há sinais de pausa em desinflação de serviços, diz ata do Copom

terça-feira, 25 de outubro de 2016 08:49 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central destacou que há sinais recentes de pausa no processo de desinflação de serviços em ata do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central divulgada nesta terça-feira, acrescentando que nesse contexto "uma maior persistência inflacionária requer persistência maior da política monetária", após decidir na semana passada iniciar um ciclo de afrouxamento na taxa básica de juros em meio à intensa recessão na economia.

"A pausa se dá em níveis cuja manutenção produziria trajetória de desinflação em velocidade aquém da contemplada no cenário básico do Copom. Esse cenário pressupõe uma trajetória de queda gradual à frente. Dessa forma, os membros do Comitê ressaltaram que é necessário monitorar a retomada dessa trajetória", trouxe o documento.

Na última quarta-feira, o BC reduziu a Selic em 0,25 ponto percentual, a 14,00 por cento ao ano, primeiro corte em quatro anos, avaliando que uma flexibilização moderada e gradual é compatível com a convergência da inflação para a meta de 4,5 por cento nos próximos dois anos.

(Por Marcela Ayres)