Produtoras finlandesas de papel UPM e Stora buscam mais corte de custos após resultados superarem estimativas

terça-feira, 25 de outubro de 2016 11:58 BRST
 

HELSINQUE (Reuters) - As produtoras finlandesas de papel UPM-Kymmene e Stora Enso tiveram resultados trimestrais acima do esperado no terceiro trimestre e disseram que buscam cortar mais gastos de suas operações europeias de papel, levando a alta nas ações.

As duas empresas --as maiores fabricantes mundiais de papel para a indústria gráfica-- fecharam dezenas de fábricas e cortaram milhares de empregos nos últimos anos diante da queda na demanda na Europa em meio ao crescimento da mídia online.

"Estamos no processo de condução de uma revisão de nossos ativos de papel para indústria gráfica. Quaisquer planos potenciais de reestruturação serão anunciados no futuro próximo", disse o presidente-executivo da UPM, Jussi Pesonen.

As ações da UPM saltavam mais de 11 por cento, enquanto as da Stora subiam mais de 6 por cento por volta das 11:50 (horário de Brasília).

Nenhuma das empresas deu qualquer detalhe sobre quais medidas de corte de custos podem estar sendo consideradas.

O lucro líquido da UPM subiu 31 por cento no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, para 314 milhões de euros. Analistas, em média, esperavam resultado positivo em 249 milhões de euros.

A Stora Enso teve lucro de 219 milhões de euros, abaixo do resultado de igual período do ano passado, mas superando a estimativa do mercado, de 210 milhões de euros.

(Por Jussi Rosendahl e Tuomas Forsell)