Unidade da Vale no Canadá pagará US$749 mil em multa por morte de trabalhador

terça-feira, 25 de outubro de 2016 14:05 BRST
 

TORONTO (Reuters) - A unidade canadense da mineradora Vale vai pagar uma multa de 749 mil dólares por quatro violações de regras de segurança no trabalho associadas à morte de um empregado em 2014 em uma fundição em Sudbury, Ontario, disse a companhia brasileira nesta terça-feira.

O governo do Canadá entrou com processo contra a companhia em março de 2015, e a Vale admitiu culpa em um julgamento na segunda-feira, disse a companhia.

Além da multa, a companhia ainda pagará 25 por cento do valor para um fundo que ajudará vítimas de crimes.

O incidente na fundição de cobre de Cliff matou um trabalhador e deixou outro seriamente ferido.

"Não há nada mais importante para nós que a segurança de nossa equipe, e a perda de um de nossos empregados é devastadora", disse em comunicado o vice-presidente da Vale Ontario, Stuart Harshaw.

Foi a segunda grande multa paga pela companhia em Ontario desde 2013. Em setembro daquele ano, a Vale admitiu a culpa por falhas de segurança que mataram dois trabalhadores na mina de Stobie, também em Sudbury.

A Vale disse que atendeu 58 recomendações provenientes de uma investigação realizada no local do incidente em conjunto com o sindicato dos trabalhadores.

(Por Allison Martell)