Inadimplência no Brasil fica estável em 5,9% em setembro, diz BC

quarta-feira, 26 de outubro de 2016 10:42 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A inadimplência no mercado de crédito brasileiro no segmento de recursos livres repetiu em setembro o nível de 5,9 por cento, maior patamar da série histórica iniciada pelo Banco Central em março de 2011, divulgou a autoridade monetária nesta quarta-feira, após revisar a inadimplência de agosto de 5,7 para 5,9 por cento.

O estoque total de crédito no país, que inclui também o segmento de recursos direcionados, recuou 0,2 por cento em setembro sobre o mês anterior, a 3,110 trilhões de reais, ou 50,8 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).

 
Logo do Banco Central visto na sede, em Brasília.      15/01/2014       REUTERS/Ueslei Marcelino