Ações europeias caem influenciadas pela Novozymes

quarta-feira, 26 de outubro de 2016 15:31 BRST
 

LONDRES (Reuters) - As ações europeias recuaram ligeiramente nesta quarta-feira com os investidores digerindo relatórios de resultados, incluindo o da Novozymes, que tocou a baixa de dois anos após revisar a sua previsão para todo ano.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 recuou 0,35 por cento, a 1.349 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 terminou com queda de 0,38 por cento, a 341 pontos, com ações do setor farmacêutico e de petróleo pesando. O índice está 6,6 por cento abaixo de um ano atrás.

As ações da empresa química Novozymes recuaram 11,2 por cento, tornando-se a maior queda do índice STOXX depois de informar lucro operacional no terceiro trimestre menor do que o esperado e revisar a sua previsão para o ano todo.

"No geral, vemos estes resultados como negativo, refletindo as condições desafiadoras em algumas operações", afirmaram os analistas da Shore Capital Markets por meio de nota.

Entre as principais altas, os papeis da Kering subiram 7,75 por cento após a sua unidade da Gucci informar que registrou o primeiro crescimento de dois dígitos desde 2012.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,85 por cento, a 6.958 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,44 por cento, a 10.709 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,14 por cento, a 4.534 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,29 por cento, a 17.280 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,37 por cento, a 9.173 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,19 por cento, a 4.701 pontos.