Confiança do comércio no Brasil avança em outubro com percepção melhor da situação atual, diz FGV

quinta-feira, 27 de outubro de 2016 08:14 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança do Comércio (Icom) do Brasil avançou em outubro e praticamente compensou a perda vista no mês anterior, com a melhora da percepção sobre a situação atual, de acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O Icon apresentou avanço de 1,5 ponto e foi a 81,9 pontos, após recuo de 1,7 ponto em setembro. O principal destaque para o resultado foi Índice da Situação Atual (ISA), que subiu 5,1 pontos e chegou a 74,1 pontos, maior nível desde fevereiro de 2015.

Por outro lado, o Índice de Expectativas (IE) recuou 2,0 pontos e atingiu 90,6 pontos em outubro.

"O nível ainda baixo do ICOM retrata o desempenho do setor cujas vendas continuam a diminuir, embora a taxas decrescentes. Com relação aos meses seguintes, a calibragem para baixo das expectativas mostra que o setor ainda tem dúvidas quanto à velocidade da recuperação do consumo das famílias", explicou em nota o superintendente de estatísticas públicas da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr.

(Por Camila Moreira)