Usiminas vê espaço para novo aumento de preço de aço no Brasil nos próximos meses

sexta-feira, 28 de outubro de 2016 12:08 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Usiminas avalia que um novo reajuste nos preços do aço vendido no Brasil poderá ocorrer nos próximos dois a três meses, depois de reajustes acumulados neste ano de cerca de 35 por cento, afirmou o diretor comercial da siderúrgica, Sérgio Leite, nesta sexta-feira.

Segundo o executivo, a diferença de preços do aço plano entre o mercado interno e externo (conhecida como prêmio) está entre 8 e 12 por cento depois que a empresa começou a implementar nesta sexta-feira um reajuste no Brasil de 5 por cento.

"A expectativa é que haja um crescimento nos preços internacionais nos próximos meses. Havendo isso, o prêmio volta à faixa de equilíbrio (de 5 a 10 por cento) o que pode abrir espaço para um novo movimento" de aumento de preços no Brasil, disse Leite durante teleconferência com analistas do setor.

(Por Alberto Alerigi Jr.)