Raia Drogasil deve cumprir meta de abrir 200 lojas em 2016; não pretende acelerar ritmo

sexta-feira, 28 de outubro de 2016 12:44 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Raia Drogasil está na direção de cumprir sua meta de abertura de 200 lojas este ano e não pretende acelerar o ritmo neste último trimestre de 2016, tampouco no próximo ano, que também prevê a abertura de 200 unidades, afirmaram executivos em teleconferência com analistas nesta sexta-feira.

"Abrir 200 lojas não é fácil... já aceleramos bastante", afirmou o presidente-executivo da maior rede de varejo farmacêutico do país, Marcílio Pousada. A companhia elevou no final de julho sua projeção de abertura de lojas para 2016 e 2017. A meta anterior era de 165 e 195 lojas, respectivamente.

De acordo com Pousada, o que tem ajudado muito a venda na rede é a abertura no novas lojas e com qualidade. "Montamos uma linha de montagem de abertura de lojas", comparou.

A Raia Drogasil divulgou na noite da véspera lucro líquido ajustado de 127,6 milhões de reais no terceiro trimestre, alta anual de 33,1 por cento, com crescimento de 25,2 por cento na receita no trimestre, que teve abertura bruta de 53 lojas. No acumulado do ano, a rede já abriu 150 unidades.

Por volta das 12:20, as ações da empresa subiam quase 2 por cento na Bovespa, a 70,14 reais.

A companhia também mostrou no terceiro trimestre alta de margens bruta e Ebitda, apoiada em reajuste anual nos preços de medicamentos (de 11,8 por cento em média), além de antecipação de compras no primeiro trimestre, o que permitiu entrar no terceiro trimestre com estoque a preços mais baixos.

Em razão desses efeitos sazonais, executivos da companhia trabalham com a possibilidade de alguma perda de margem principalmente no segundo trimestre e talvez no terceiro de 2017, quando esses efeitos não devem ser muito fortes.

"Vamos ter no segundo trimestre uma perda de margem e possivelmente no terceiro trimestre", afirmou. Mas a equipe da Raia Drogasil espera que novas iniciativas que estão sendo feitas pela companhia possam ajudar os números.

  Continuação...