Dólar sobe 1,3% e encosta a R$3,20 após notícia sobre Hillary e PIB dos EUA

sexta-feira, 28 de outubro de 2016 17:03 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou a sexta-feira com alta de 1,3 por cento, bem próximo do patamar de 3,20 reais, impactado pela notícia de que o FBI abriu nova investigação sobre emails da candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, algo que poderia arranhar sua candidatura.

A moeda norte-americana já subia de forma consistente desde cedo, influenciada pelo crescimento mais forte do que o esperado na economia dos Estados Unidos, em meio às apostas de que os juros devem voltar a subir neste ano na maior economia do mundo. A proximidade da formação da Ptax também pesou.

O dólar avançou 1,30 por cento, a 3,1965 reais na venda, perto da máxima do dia, de 3,2056 reais. O dólar futuro tinha alta de cerca de 0,60 por cento no final da tarde.

Na semana, a moeda norte-americana acumulou ganhos de 1,14 por cento sobre o real, interrompendo três quedas semanais seguidas.