Integrantes da Opep não chegam a acordo sobre como limitar produção de petróleo

sexta-feira, 28 de outubro de 2016 20:24 BRST
 

VIENA (Reuters) - Integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), reunidos nesta sexta-feira em Viena, não alcançaram um acordo sobre como realizar um corte da oferta, após horas de negociações, em meio a acusações de que o Irã tem sido relutante para congelar a sua extração, disseram fontes da organização.

O comitê de alto nível da Opep vai se encontrar novamente em Viena no dia 25 de novembro, antes da próxima reunião dos ministros da Opep em 30 de novembro, para finalizar cotas individuais, disse uma fonte.

Eles também vão se encontrar no sábado, conforme combinado, com representantes de produtores de fora da Opep, de quem o grupo espera ajuda para reduzir a oferta.

"Sim, vamos continuar amanhã com não membros", disse uma das fontes. "Não houve acordo total hoje, já que o Irã se recusa a congelar a produção."

Os preços do petróleo fecharam abaixo dos 50 dólares por barril nesta sexta-feira e registraram sua maior perda semanal em seis semanas, por preocupações de que a Opep não cumpra exatamente o corte planejado de produção.[nL1N1CY24J]

"Não terminamos tudo. Estamos olhando para a próxima reunião em 25 de novembro para finalizar as cotas individuais", disse outra fonte.

A reunião durou pouco mais de 11 horas nesta sexta-feira, com o Irã parecendo como o principal entrave. "Não há acordo ainda, todos concordam, menos o Irã", disse uma fonte da Opep, acrescentando que o Irã estava pedindo uma isenção.

(Por Alex Lawler e Rania El Gamal)