REEDIÇÃO-Lucro da Hypermarcas sobe a R$202,5 mi com melhora em desempenho operacional

domingo, 30 de outubro de 2016 09:57 BRST
 

(Corrige 2º parágrafo de matéria de 29 de outubro para esclarecer que a Hypermarcas é uma empresa de produtos farmacêuticos, e não companhia de medicamentos e produtos de consumo)

SÃO PAULO (Reuters) - A Hypermarcas (HYPE3.SA: Cotações) teve lucro líquido de 202,5 milhões de reais no terceiro trimestre, quase 170 por cento acima do resultado positivo de 75,4 milhões de reais obtido um ano antes, com melhora no desempenho operacional apoiada em aumentos de preços e redução de despesas.

A companhia de produtos farmacêuticos teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) das operações continuadas de 255,5 milhões de reais, alta de 14,3 por cento na comparação anual. A margem Ebitda subiu 1,2 ponto percentual, para 31,5 por cento.

A receita líquida da Hypermarcas no terceiro trimestre somou 811 milhões de reais, alta de 9,8 por cento frente a igual período de 2015.

As despesas com vendas recuaram para 12,5 por cento da receita líquida no período de julho a setembro, ante 13,2 por cento um ano antes. Já os gastos com marketing tiveram uma redução de 0,2 ponto percentual, para 28 por cento da receita, enquanto as despesas gerais e administrativas tiveram recuo de 0,6 ponto percentual, a 4,4 por cento da receita.

A empresa encerrou os nove primeiros meses do ano com dívida bruta de 1,35 bilhão de reais, redução de 566 milhões de reais frente ao total em junho. A redução ocorreu principalmente devido ao resgate antecipado da 7ª emissão de debêntures da empresa.

(Por Flavia Bohone)