Mercados acionários chineses avançam pelo 3° dia com redução de temores sobre regulação

segunda-feira, 15 de maio de 2017 07:51 BRT
 

XANGAI/CINGAPURA (Reuters) - Os mercados acionários da China avançaram pela terceira sessão consecutiva nesta segunda-feira, depois de uma série de cinco semanas de quedas, com alívio das preocupações sobre regulamentações financeiras e liquidez mais apertadas após declarações de Pequim.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,41 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,22 por cento.

Mas o otimismo otimista era limitado pela atividade industrial chinesa e pelos dados de investimento decepcionantes, que aprofundaram as preocupações com a desaceleração da economia.

Em um aparente esforço para acalmar o mercado, o regulador de bancos da China disse na sexta-feira que os riscos no setor bancário estão completamente sob controle e que o mercado não precisa ficar nervoso.

Além disso, o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, disse no domingo que a China conseguirá um equilíbrio entre estabilidade financeira, desalavancagem gradual e crescimento econômico estável, ressaltando que a China é capaz de manter a estabilidade em seus mercados financeiros.

Já o índice MSCI avançava com força, afastando as ameaças de um ataque cibernético que bloqueou cerca de 200 mil computadores em mais de 150 países, além de um teste de mísseis pela Coreia do Norte e dados fracos nos Estados Unidos.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,71 por cento às 7:50 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,07 por cento, a 19.869 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,86 por cento, a 25.371 pontos.   Continuação...