19 de Maio de 2017 / às 10:14 / 3 meses atrás

Membros do acordo comercial TPP buscam avançar sem os EUA

HANÓI/TÓQUIO (Reuters) - Os membros remanescentes do acordo de comércio Parceria Transpacífico (TPP, na sigla em inglês) estão trabalhando em um comunicado para reafirmar seu compromisso apesar da saída dos Estados Unidos, disseram fontes próximas às discussões.

As discussões estão acontecendo durante a reunião Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, maior encontro de comércio desde que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, subverteu a ordem mundial com sua política de "América Primeiro".

Enquanto o representante de comércio dos EUA, Robert Lighthizer, terá reuniões bilaterais com países importantes, a China pressionará com o acordo de comércio asiático conforme se coloca como potência global do livre comércio.

Já o Japão está liderando os países que ainda querem avançar com o acordo TPP, bem mais abrangente mas que Trump descartou em um de seus primeiros atos no cargo e que não inclui a China.

Fontes próximas às discussões disseram que os chamados Estados do TPP-11 --os 11 membros restantes depois que os EUA saíram --planejam um comunicado para domingo que dirá que estão comprometidos em avançar com o TPP.

"Haverá dois pontos principais: 1. buscar a entrada em vigor do TPP-11, 2. Ter em mente um ambiente em que um país signatário pode voltar", disse uma fonte próxima das discussões.

O acordo deve entrar em vigor no próximo ano.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below