Painel da Opep avalia ampliar volume e prazo de cortes de produção, dizem fontes

sexta-feira, 19 de maio de 2017 11:32 BRT
 

Por Alex Lawler e Rania El Gamal

VIENA (Reuters) - Um painel da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) que avalia cenários para a reunião do grupo que acontece na próxima semana está estudando a opção de aprofundar o volume e ampliar o prazo de um acordo para cortes na produção, disseram fontes da Opep à Reuters nesta sexta-feira, em uma tentativa de reduzir estoques e apoiar os preços.

A Arábia Saudita e a Rússia, que não é da Opep, os dois maiores produtores de petróleo do mundo, concordaram quanto à necessidade de prolongar os cortes atuais até março de 2018, mas o ministro de Energia saudita, Khalid al-Falih, disse que a ampliação se daria nos mesmos termos.

Representantes nacionais na Opep e oficiais do secretariado do grupo em Viena se encontraram na quarta-feira e na quinta-feira. Esse painel, o Conselho da Comissão Econômica, deveria finalizar as conversas na quinta-feira, mas agora elas devem ir até sexta-feira, disseram as fontes.

Uma fonte disse que um corte mais profundo na produção é uma opção, dependendo das estimativas quanto ao crescimento na oferta de países não membros da Opep, principalmente produtores de petróleo de xisto nos EUA, entre outros cenários.

O comitê da Opep não decide sobre as políticas do grupo. Seu encontro precede a reunião de ministros da Opep com países não membros em 25 de maio para decidir se estenderão para além de 30 de junho seu acordo para reduzir a oferta.