Lucro da Ryanair cresce 10% e companhia melhora previsões

segunda-feira, 5 de novembro de 2012 08:11 BRST
 

DUBLIN (Reuters) - A Ryanair divulgou nesta segunda-feira que o lucro no primeiro semestre fiscal cresceu 10 por cento, superando expectativas do mercado graças a tarifas mais elevadas e um gasto menor com combustível, levando a maior companhia aérea de baixo custo da Europa a elevar sua projeção de lucro anual.

A companhia aérea com sede em Dublin, que aguarda uma decisão dos reguladores da União Europeia sobre a aquisição da Aer Lingus, disse que as tarifas subiram 6 por cento no segundo semestre, juntamente com um aumento no número de passageiros durante os meses de verão.

"A performance foi forte depois dos Jogos Olímpicos. Certamente nós vimos um aumento na tarifas médias. Muitas pessoas que pareciam que ficariam em casa... voltaram com força após os Jogos Olímpicos", disse o vice-presidente financeiro da Ryanair, Howard Millar, à Reuters.

O lucro líquido do semestre encerrado no final de setembro cresceu para 596 milhões de euros (765,6 milhões de dólares), ante 544 milhões de euros na comparação anual e maior que a projeção de 564 milhões de euros de analistas. A receita cresceu 15 por cento, para 3,1 bilhões de euros.

A companhia aumentou sua projeção para o ano até março de 2013 para lucro entre 490 milhões e 520 milhões de euros em comparação com a estimativa anterior entre 400 milhões e 440 milhões de euros para o período.