Falta de chuvas obriga produtores a replantar soja em MT e GO

segunda-feira, 5 de novembro de 2012 13:51 BRST
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO, 5 Nov (Reuters) - Produtores de algumas regiões de Goiás e Mato Grosso estão se vendo obrigados a replantar lavouras de soja devido à falta de chuvas nos últimos dias, disseram especialistas nesta segunda-feira.

Precipitações previstas para esta semana, no entanto, devem aliviar o problema do período seco no Centro-Oeste, principal região produtora da oleaginosa no país, ajudando também a retomada do plantio, que está atrasado.

Em sua pesquisa semanal sobre o plantio, a Agência Rural detectou necessidade de replantar a soja no sudoeste de Goiás, na região de Rio Verde, e no oeste de Mato Grosso, na região de Sapezal.

"Em algumas áreas de Goiás, parece ser extenso (o replantio)", disse nesta segunda-feira Daniele Siqueira, analista da AgRural.

"Mensurar o tamanho da área e o percentual que precisará ser replantado é praticamente impossível neste momento", ressaltou ela.

A Federação de Agricultura de Goiás confirma que houve replantio.

"Alguns casos pontuais tiveram, realmente, que fazer o replantio... Aconteceu não só em Rio Verde, mas em todo o sudoeste do Estado, que é a região que planta primeiro em Goiás", disse à Reuters Leonardo Machado, assessor técnico da Faeg.

Logo após o fim do vazio sanitário (período com proibição do plantio), com as primeiras chuvas, muitos produtores já começam a semear, disse ele.   Continuação...