Eurogroup não deve tomar decisão final sobre Grécia na 2a

sexta-feira, 9 de novembro de 2012 10:46 BRST
 

BRUXELAS, 9 Nov (Reuters) - Os ministros das Finanças da zona do euro, ou Eurogroup, não devem tomar uma decisão final para liberar a próxima parcela de empréstimo de emergência para Atenas no encontro de segunda-feira, uma vez que ainda não há clareza de como deixar a enorme dívida da Grécia sustentável, afirmou uma autoridade sênior da União Europeia (UE).

"Há expectativa para uma decisão final na segunda-feira? Há uma grande, grande chance de uma segunda rodada de discussões para finalizar tudo", disse a autoridade nesta sexta-feira.

A autoridade afirmou que os ministros da zona do euro estão cientes de que a Grécia precisa de dinheiro para pagar vários bilhões de euros em títulos do Tesouro que vencem em 16 de novembro e que estão levando isso em conta nas discussões.

Mas ele disse que o relatório de sustentabilidade da dívida dos credores internacionais --o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Banco Central Europeu (BCE) e a UE, chamados de troika-- ainda não está pronto ainda e que ele é necessário para uma decisão sobre o descongelamento do programa.

"A análise de sustentabilidade da dívida é uma parte integral do relatório da troika de cumprimento e apenas quando houver acordo de que a evolução da relação dívida/PIB durante um certo período de tempo é sustentável poderemos dizer que estamos preparados para fazer o desembolso", disse a autoridade.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

 
População grega foi às ruas de Atenas para protestar contra novas medidas de austeridade aprovadas pelo parlamento para atender aos requisitos para receber novo pacote de resgate internacional. 07/11/2012 REUTERS/Yannis Behrakis