Varejo se recupera e cresce 2,3% em outubro, diz Serasa

sexta-feira, 9 de novembro de 2012 08:40 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O movimento de consumidores nas lojas do país cresceu 2,3 por cento em outubro sobre o mês anterior, revertendo a queda de 1,9 por cento vista em setembro e confirmando a trajetória de expansão prevista para a atividade varejista no último trimestre do ano, segundo o indicador de atividade do comércio da Serasa Experian.

Na comparação com outubro de 2011, o movimento no comércio registrou expansão de 13,3 por cento e, no acumulado dos dez meses do ano, a atividade varejista cresceu 9,5 por cento.

Segundo a Serasa, o resultado no mês passado foi favorecido pelo desempenho das lojas de materiais de construção e do segmento de combustíveis e lubrificantes, além dos setores de móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática.

Em contrapartida, o único segmento do varejo a registrar queda foi o de tecidos, vestuário e calçados, com recuo de 0,7 por cento no fluxo de consumidores nas lojas.

A recuperação do consumo no país ocorre após desaceleração generalizada no primeiro semestre, refletindo medidas de estímulo que incluíram uma onda de cortes de juros, desonerações e incentivos fiscais.

"Tal cenário deverá prevalecer ao longo dos próximos meses, contribuindo para a predominância de resultados favoráveis para a atividade varejista no curto prazo", afirmaram os economistas da Serasa, em nota.

(Por Vivian Pereira)