HSBC investiga suposta perda de dados de clientes em Jersey

sexta-feira, 9 de novembro de 2012 10:31 BRST
 

LONDRES, 9 Nov (Reuters) - O HSBC, maior banco da Europa, disse nesta sexta-feira estar investigando a perda de dados de clientes em Jersey, mas que não havia sido notificado sobre qualquer investigação por parte de autoridades fiscais.

O jornal Daily Telegraph informou que as autoridades fiscais britânicas estavam examinando detalhes de mais de 4 mil clientes no Reino Unido do HSBC em Jersey após um delator ter entregado a eles uma lista com nomes, endereços e saldos de contas.

A HM Revenue & Customs (HMRC) informou em comunicado ter recebido dados e estar analisando o material. "Recebemos a informação de uma ampla variedade de fontes que usamos para garantir que as regras fiscais estejam sendo respeitadas".

O HSBC disse que estava investigando a suposta perda dos dados "como uma questão de urgência".

O caso pode representar outro potencial golpe para o HSBC, que tem sido acusado por reguladores norte-americanos por negligência no controle de lavagem de dinheiro no México e em outros lugares e, no ano passado, viu milhares de clientes suíços investigados pelo regulador de impostos do Reino Unido.

O jornal relatou que a receita britânica estava analisando a lista recebida sobre os clientes do HSBC em Jersey para determinar se alguns deles estavam utilizando contas em outros países para evitar o pagamento de impostos no Reino Unido.

A lista identifica 4.388 residentes no Reino Unido mantendo 699 milhões de libras (1,1 bilhão de dólares) em contas correntes e inclui celebridades, médicos, executivos de bancos e outros executivos, informou o jornal.

(Por Natalie Huet e Steve Slater)

 
Banco investiga possível perda de informações de clientes em Jersey "como uma questão de urgência". 17/07/2012 REUTERS/Tomas Bravo