OCDE vê estabilização na China e nos EUA; Europa ainda fraqueja

segunda-feira, 12 de novembro de 2012 09:57 BRST
 

PARIS, 12 Nov (Reuters) - O cenário econômico continua fraco para as principais economias, apesar de haver sinais crescentes de estabilização no Canadá, China e Estados Unidos, afirmou nesta segunda-feira a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Em seu último relatório mensal sobre a economia global, a OCDE informou que o indicador antecedente composto (CLI, na sigla em inglês) para as 33 nações da OCDE ficou estável em setembro em 100,2 pelo terceiro mês seguido.

A leitura para os Estados Unidos subiu levemente para 100,9 ante 100,8 em agosto, o que a OCDE disse ser um indicativo de estabilização do crescimento na maior economia do mundo.

A leitura da China ficou estável em 99,4 pelo quarto mês consecutivo, enquanto o índice do Canadá permaneceu em 99,7.

No entanto, na zona do euro, o cenário da Alemanha deteriorou-se com a leitura caindo para 98,7 em setembro ante 99,0 em agosto. A França, por sua vez, viu seu indicador cair para 99,5 frente a 99.6.

"Na comparação com os últimos meses em que o CLE apontou para deterioração do cenário, sinais de estabilização também estão sugerindo na Itália", afirmou o OCDE. A leitura para o país subiu para 99,0 ante 98,9.

A leitura da OCDE para a zona do euro como um todo ficou estável em setembro, em 99,4, mas esse nível ainda indica um cenário de crescimento fraco.

Uma leitura de 100 reflete a média de longo prazo para cada país.

(Reportagem de Leigh Thomas)