Índices dos EUA fecham em baixa sob peso da Microsoft

terça-feira, 13 de novembro de 2012 20:55 BRST
 

Por Rodrigo Campos

NOVA YORK, 13 Nov (Reuters) - Uma queda nas ações da Microsoft pressionou os índices norte-americanos nesta terça-feira e levou o mercado a fechar em baixa, embora o setor varejista tenha registrado um desempenho destacado após a Home Depot afirmar que as perspectivas para o mercado imobiliário melhoraram para os próximos trimestres.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,46 por cento, para 12.756 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,40 por cento, para 1.374 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,70 por cento, para 2.883 pontos.

As ações da Microsoft caíram após Steve Sinofsky, chefe da unidade Windows, deixar a companhia. A saída de Sinofsky, que tinha 23 anos de casa e liderava a unidade Windows, é a última e mais proeminente de um executivo da Microsoft, que luta para ter presença importante em computação móvel frente a rivais como Apple e Google.

Já o papel da cadeia varejista de artigos para o lar Home Depot atingiu níveis não vistos desde abril de 2000. A projeção elevada da companhia sugeriu uma recuperação no adormecido mercado imobiliário norte-americano.

O índice do setor de varejo do S&P 500 avançou 1 por cento.

"A Home Depot indicou algo sobre o mercado imobiliário, que foi entendido como algo positivo e foi responsável pelo rali no início da sessão", disse o vice-presidente de investimentos do Philadelphia Trust, Richard Sichel.

"Isso foi contido pela Microsoft, em certo grau, e provavelmente mais pelo 'abismo fiscal'", acrescentou.

O S&P 500 acumulou perda de 2,7 por cento até agora neste mês e fechou abaixo de sua média móvel de 200 dias pelo quarto pregão consecutivo, em um indicador técnico que sugere que os recentes declínios podem ganhar fôlego.   Continuação...