Ações caem com retorno da zona do euro à recessão

quinta-feira, 15 de novembro de 2012 16:01 BRST
 

PARIS, 15 Nov (Reuters) - As ações europeias caíram nesta quinta-feira para o menor nível em dois meses, na medida em que dados que mostraram que a zona do euro voltou à recessão assustaram investidores.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em queda de 0,9 por cento, a 1.078,90 pontos, um nível que não era visto desde o início de setembro.

Ações suíças e alemãs estavam entre as mais atingidas, com HeidelbergCement caindo 2,6 por cento, ThyssenKrupp perdendo 2,3 por cento e Roche recuando 1,8 por cento.

No entanto, crescentes expectativas de que a Espanha pedirá um pacote de resgate limitavam as perdas, com o índice espanhol IBEX ganhando 0,3 por cento e ações de bancos da zona do euro engatando um rali.

Apesar das perdas do dia, o analista da IG Jerome Vinerier disse que no geral o mercado permanece sem direção clara. "Fora o DAX, que vem caindo, os índices europeus estão em sua maioria em um modo de consolidação, movendo-se de lado", disse ele.

"Nós não estamos recebendo nenhum sinal de 'venda', considerando que na semana passada vários índices estavam testando suas máximas do ano."

Em LONDRES, o índice Financial Times teve variação negativa de 0,77 por cento, para 5.677 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,82 por cento, para 7.043 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,52 por cento, a 3.382 pontos.   Continuação...