Teste da Pfizer com Lyrica não atinge objetivos

sexta-feira, 16 de novembro de 2012 15:28 BRST
 

16 Nov (Reuters) - A Pfizer disse nesta sexta-feira que um teste final da droga pregabilina não reduziu significativamente a frequência de alguns tipos de crise em pacientes com epilepsia.

O principal produto da Pfizer, vendido sob a marca Lyrica, é utilizado para tratar a epilepsia quando administrado várias vezes por dia em combinação com outras drogas. O remédio, com vendas anuais de 4 bilhões de dólares, é o mais utilizado para tratar a doença.

A Pfizer disse que a falta de uma melhora estatisticamente significativa pode ter ocorrido devido a uma resposta maior do que o esperado entre os pacientes que tomaram o placebo.

O estudo foi o primeiro de três testes da droga como um tratamento de uma dose por dia.

(Por Toni Clarke)