Produção de carnes nos EUA deve cair 2% em 2013, prevê governo

sexta-feira, 16 de novembro de 2012 15:57 BRST
 

WASHINGTON, 16 Nov (Reuters) - A produção norte-americana de carnes deve cair em 2 por cento em 2013, liderada por uma queda de 4 por cento na oferta de carne bovina, com os altos preços para rações desencorajando os confinadores, disse o Departamento de Agricultura nesta sexta-feira.

O Serviço de Pesquisa Econômica do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) disse que ambas as produções de frangos e suínos cairíam em um por cento.

Com uma menor produção, as exportações das carnes suína, bovina e de aves devem sofrer uma leve queda ante os níveis vistos neste ano.

A produção de carne vermelha e de frango em 2013 foi estimada em 90,477 bilhões de libras, ante 92,504 bilhões neste ano, que será ligeiramente menor em relação a 2011, disse o USDA.

Neste ano, está prevista uma queda de 2 por cento na produção de carne bovina, parcialmente devido aos preços altos e aos apertados estoques de grãos. A produção cairia em 4 por cento, para 24,5 bilhões de libra no próximo ano, disse o USDA.

As pequenas margens dos confinadores de gado e das empresas processadoras de carnes devem persistir até que os preços do gado e da carne bovina atinjam níveis que gerem margens positivas para ambos setores, ou até que os preços dos grãos voltem a atingir níveis que tornem a alimentação do gado rentável o suficiente para os frigoríficos atingirem margens positivas, disse o USDA.

As margens de confinamento devem apertar para produtores de suínos em 2013, o que deve encorajar produtores a enviar animais para o abate assim que possível e a pesos mais baixos que o estimado anteriormente, disse o departamento.

"Integradores de frangos não devem ter nenhum incentivo para expandir as produções devido a uma combinação de preços continuamente altos para o milho e para o farelo de soja e um aumento relativamente modesto para os preços dos animais", acrescentou.

O relatório com o panorama sobre pecuária, laticínios e aves estava disponível na internet no link: here

(Reportagem de Charles Abbott)