IPC-S desacelera alta a 0,35% na 2a quadrissemana de novembro--FGV

segunda-feira, 19 de novembro de 2012 08:22 BRST
 

SAO PAULO, 19 Nov (Reuters) - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou sua alta a 0,35 por cento na segunda quadrissemana de novembro, depois de avançar 0,43 por cento no período anterior, informou Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Quatro dos oito grupos que compõem o indicador desaceleraram a alta de preços: Alimentação (de 0,59 para 0,26 por cento), Transportes (de 0,43 para 0,30 por cento), Despesas Diversas (de 0,38 a 0,22 por cento) e Comunicação (0,28 para 0,17 por cento).

Nestas classes de despesa destacaram-se os comportamentos de hortaliças e legumes (-6,86 para -10,98 por cento) e gasolina (1,63 para 1,39 por cento).

Por sua vez, registraram acréscimo nas taxas de variação os grupos Vestuário (0,42 a 0,61 por cento), Educação, Leitura e Recreação (0,38 para 0,55 por cento) e Habitação (0,32 para 0,37 por cento). Já o grupo Saúde e Cuidados Pessoais repetiu a taxa de variação apurada na última divulgação, com alta de 0,44 por cento.

O resultado acompanha leituras recentes de índices de inflação, que vinham mostrando recuo nos preços dos produtos agropecuários. Nesta semana, foi divulgado que o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) recuou 0,28 por cento em novembro, após alta de 0,42 por cento em outubro.

Nesta segunda-feira, a FGV ainda divulgou que o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) recuou 0,16 por cento na prévia de novembro.

(Por Patrícia Duarte)