Produção de aço no Japão tem maior queda em 9 meses em outubro

segunda-feira, 19 de novembro de 2012 09:19 BRST
 

TÓQUIO, 19 Nov (Reuters) - A produção de aço bruto do Japão registrou em outubro a maior queda anual em nove meses, em meio ao declínio na produção doméstica de veículos e ao aumento das importações de aço para construção civil que reduziram a demanda pelo produto local.

A produção caiu 6,7 por cento ante um ano atrás, para 8,4 milhões de toneladas, informou nesta segunda-feira a Federação de Minério e Aço do Japão.

Esta foi a maior queda desde janeiro, quando o iene disparou para perto de níveis recordes e inundações devastaram a Tailândia, forçando duas das principais siderúrgicas do Japão, Nippon Steel and Sumitomo Metal e JFE Steel, a cortar exportações.

A produção em outubro, que não é ajustada sazonalmente, aumentou 0,4 por cento ante setembro.

"A queda na produção de veículos tem afetado a produção de aço bruto", disse uma autoridade da indústria, sob condição de anonimato, por conta da política do grupo.

Os produtores de aço vêm sendo afetados por um declínio na demanda doméstica das montadores depois que o governo acabou com incentivos para veículos que seguem recomendações ambientais em setembro.

Somada aos problemas do setor, a tensão política entre Japão e China que eclodiu em setembro após uma disputa envolvendo ilhas levou a violentos protestos contra o Japão, o que vem afetando vendas de carros japoneses para a China.

(Reportagem de Yuko Inoue)