19 de Novembro de 2012 / às 22:33 / 5 anos atrás

BOLSA EUA-Otimismo por negociações orçamentárias impulsiona Wall Street

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK, 19 Nov (Reuters) - As ações dos Estados Unidos saltaram nesta segunda-feira pela segunda sessão consecutiva, com investidores encorajados pela atmosfera envolvendo as conversas para se combater o abismo fiscal no país.

O índice Dow Jones subiu 1,65 por cento, a 12.795 pontos. O S&P 500 avançou 1,99 por cento, a 1.386 pontos, ficando acima de sua média móvel de 200 dias pela primeira vez desde o início do mês. E o Nasdaq ganhou 2,21 por cento, para 2.916 pontos.

Lucros maiores que os esperados da rede de artigos para o lar Lowe's e da indústria de carnes Tyson Foods, assim como dados positivos do setor imobiliário, também contribuíram para o avanço nos mercados. As duas empresas citadas foram as que tiveram melhor desempenho percentual no S&P 500.

As ações da Lowe's saltaram 6,2 por cento, para 33,96 dólares, atingindo sua máxima em 52 semanas, após a companhia relatar lucros trimestrais maiores que o esperado e elevar sua previsão de vendas para o ano.

Já as da Tyson Foods avançaram 10,9 por cento, para 18,72 dólares, após a companhia registrar lucro trimestral maior do que o esperado.

A pior seca nos EUA em mais de meio século, mais cedo neste ano, tornou as rações animais mais caras, levando os produtores de carne a reduzirem o tamanho de seus rebanhos. Isso contribuiu para preços mais altos.

As vendas de moradias usadas nos EUA subiram inesperadamente em outubro, em um sinal de que leves melhoras no mercado de trabalho do país estão ajudando o setor imobiliário a recuperar o ritmo.

O S&P 500 acumulou alta de mais de 2 por cento nas últimas duas sessões, com a retórica de parlamentares no fim de semana sugerindo que um acordo possa ser alcançado para evitar o iminente abismo fiscal, série de aumentos de impostos e cortes de gastos automáticos que passarão a valer no ano que vem.

No entanto, as duas partes envolvidas ainda parecem distantes nas negociações.

O S&P 500 caiu 5,3 por cento entre o dia da reeleição do presidente Barack Obama e a recuperação da sexta-feira, com investidores aproveitando a oportunidade para vender os papéis --incluindo alguns com os melhores desempenhos no ano--, prevenindo-se para o caso de Washington não chegar a um acordo e aumentar os impostos sobre dividendos e ganhos de capital em 2013.

"Todos estão dando um suspiro de alívio em silêncio, porque, honestamente, não estamos mais olhando para a beira de um abismo, nós estamos olhando para uma oportunidade de voltar atrás e recalibrar", avaliou o diretor-gerente da Knight Capital em Jersey City, Nova Jersey, Peter Kenny.

O volume de negociações nesta segunda-feira foi leve, e deve permanecer assim com o feriado do Dia de Ação de Graças, na quinta-feira, abreviando as operações na semana.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below