Atividade industrial dos EUA se recupera em novembro--PMI

quarta-feira, 21 de novembro de 2012 12:28 BRST
 

NOVA YORK, 21 Nov (Reuters) - O setor industrial dos Estados Unidos mostrou expansão em novembro no ritmo mais rápido em cinco meses, impulsionado por uma alta na demanda doméstica, mostrou nesta quarta-feira a leitura preliminar do Índice de Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês).

O indicador, segundo a pesquisa realizada pelo instituto Markit, avançou para 52,4, ante mínima de três anos de 51,0 em outubro. Leitura acima de 50 indica expansão.

A produção do setor e novas encomendas domésticas também subiram no ritmo mais rápido desde junho, enquanto o ritmo de contratação foi o mais forte em quatro meses.

Alguns entrevistados disseram que os esforços de reconstrução após a tempestade Sandy assolar a Costa Leste norte-americana no final de outubro podem ter respondido por parte da demanda elevada.

Mas o economista-chefe do Markit, Chris Williamson, afirmou que "surpreendentemente poucos" relacionaram o aumento na produção ou emprego à tempestade. O especialista acrescentou que efeitos relacionados ao clima podem surgir de forma mais proeminente na pesquisa do próximo mês.

A queda em novas encomendas de clientes do exterior, entretanto, foi a mais lenta desde maio, "sugerindo que o comércio também vai agir menos como um entrave à economia durante os meses de verão (local)", disse Williamson.

"Esse é um sinal encorajador de que a desaceleração no setor de produção de bens pode estar melhorando", completou o economista-chefe do Markit. Isso deve fazer da indústria um ponto positivo para o crescimento geral dos EUA no quarto trimestre depois de agir como um peso entre agosto e outubro.

Uma possível causa de preocupação seria uma forte alta nos preços de insumos na pesquisa para 63,6, a maior leitura desde março. Nesse caso, entretanto, a tempestade provavelmente desempenhou um importante papel ao provocar escassez de certos produtos e interromper temporariamente as cadeias de oferta, acrescentou Williamson.

(Reportagem de Steven C. Johnson)