S&P 500 avança pelo 4o pregão consecutivo; volume cai

quarta-feira, 21 de novembro de 2012 19:56 BRST
 

Por Angela Moon

NOVA YORK, 21 Nov (Reuters) - As ações norte-americanas fecharam em alta nesta quarta-feira, com o S&P 500 avançando pelo quarto pregão consecutivo, embora o volume de negociações tenha ficado entre os mais baixos do ano por se tratar da véspera do feriado de Ação de Graças.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,38 por cento, para 12.836 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,23 por cento, para 1.391 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,34 por cento, para 2.926 pontos.

Investidores receberam bem a notícia de que um cessar-fogo foi declarado para dar fim à violência entre Israel e os palestinos, embora a ausência de um acordo que desencadeie ajuda de emergência para a Grécia tenha contido o avanço do mercado.

Também persistiu a ansiedade em relação aos aumentos de impostos e cortes de gastos automáticos --conhecidos como abismo fiscal-- que passam a valer no ano que vem. O Congresso norte-americano precisa chegar a um acordo para impedi-los, embora os parlamentares não devam voltar às negociações até depois do feriado de Ação de Graças.

Cerca de 4,6 bilhões de ações foram negociadas na New York Stock Exchange, na Nasdaq e na NYSE MKT, frente ao volume diário médio no ano até agora de 6,5 bilhões.

Na quinta-feira, as bolsas de valores dos EUA não abrirão devido ao feriado, e, na sexta-feira, fecharão mais cedo, às 16h (horário de Brasília).

"Geralmente, em feriados patrióticos, categoria em que se enquadra o de Ação de Graças, costumamos ver um rali com baixo volume. Então não me surpreenderia se víssemos uma repetição desse padrão na sexta-feira, se não houver grandes notícias", avaliou o estrategista-chefe de derivativos da TD Ameritrade em Chicago, J.J. Kinahan.

"Até agora nesta semana, ouvimos boas notícias em relação ao abismo fiscal. Ambos os lados parecem estar determinados a resolvê-lo, mas começaremos a ver grandes oscilações diárias na semana que vem, quando receberemos mais detalhes", acrescentou.