Ações asiáticas sobem com dados positivos da China e dos EUA

quinta-feira, 22 de novembro de 2012 07:55 BRST
 

TÓQUIO, 22 Nov (Reuters) - As ações asiáticas subiram nesta quinta-feira, à medida que pesquisas industriais sólidas nos Estados Unidos e na China alimentaram o otimismo de que a desaceleração do crescimento global pode ter chegado ao fim.

Às 7h46 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,76 por cento, atingindo o maior nível em uma semana e meia e marcando o quarto dia seguido de ganhos.

Os mercados acionários da região já têm sido sustentados pela recuperação do apetite por risco devido à diminuição das tensões no Oriente Médio e esperanças de que o resgate à Grécia será acertado na semana que vem.

Sensível a matérias-primas, as ações australianas expandiram 1 por cento, para o maior nível de fechamento em dez dias com ganhos entre as mineradoras.

As ações sul coreanas avançaram 0,82 por cento, puxadas pelos papéis da Samsung Electronics, que atingiram um novo nível recorde de alta de 1,419 milhão de wons (1.300 dólares) devido a expectativas de forte crescimento dos lucros no setor de celulares.

O Índice preliminar de Gerentes de Compras do setor industrial da China do HSBC subiu para o maior nível em 13 meses, a 50,4 em novembro, indicando que a produção industrial está se recuperando e apontando para um renascimento do crescimento econômico após sete trimestres seguidos de desaceleração.

"Os dados sugerem que o crescimento da China atingiu o menor nível no terceiro trimestre e as perspectivas estão melhorando para pequenas e médias empresas no país", afirmou o sócio da empresa de pesquisa e consultoria Market Risk Advisory Naohiro Niimura.

Os dados chineses seguiram-se a um relatório divulgado na véspera mostrando que a atividade industrial nos Estados Unidos cresceu em novembro no ritmo mais rápido em cinco meses. Um aumento da demanda doméstica sugeriu que as fábricas podem dar um empurrão no crescimento econômico no quarto trimestre.

O índice Nikkei do Japão saltou 1,56 por cento, para o maior nível de fechamento em seis meses e meio, ao passo que exportadores foram apoiados por esperanças de que um iene mais fraco irá impulsionar seus lucros. Os mercados financeiros do Japão estarão fechados na sexta-feira devido a feriado público.

A bolsa de Taiwan subiu 0,24 por cento e Cingapura teve alta de 0,89 por cento. O mercado avançou 1,02 por cento em Hong Kong, enquanto o índice referencial de Xangai perdeu 0,72 por cento.

(Reportagem de Chikako Mogi; reportagem adicional de Dominic Lau and Lisa Twaronite em Tóquio)