Índice europeu recua com bancos e interrompe sequência de 5 altas

segunda-feira, 26 de novembro de 2012 15:44 BRST
 

LONDRES, 26 Nov (Reuters) - As ações europeias fecharam em baixa nesta segunda-feira, interrompendo uma sequência de cinco pregões seguidos de alta, afetadas pelo Barclays, depois que um acionista vendeu seus certificados de ações preferenciais (warrants, em inglês) da companhia, o que levou a uma queda tanto dos papéis financeiros como do mercado como um todo.

Segundo números preliminares, o índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em queda de 0,52 por cento, a 1.104 pontos. O índice de blue chips da zona do euro, o STOXX 50 index, caiu 0,57 por cento para 2.542 pontos.

O índice do setor bancário, o STOXX Europe 600 banking index, foi o que teve a pior performance, caindo 1,3 por cento. O banco britânico Barclays liderou as quedas, com 5,4 por cento, depois que o Catar vendeu seus certificados de ações preferenciais do banco, resultando nas vendas de 300 milhões de ações do Barclays.

Operadores dizem que as persistentes preocupações sobre a resposta política europeia para sua crise da dívida --com partidos separatistas da região espanhola da Catalunha ganhando as eleições regionais e um acordo sobre as finanças da Grécia ainda para ser feito-- também devem afetar as ações nas próximas semanas.

"Nós não estamos tomando muito risco nas condições atuais. Eu realmente acho que o rali da última semana foi exagerado e acima do limite", disse o operador sênior da Central Markets Joe Neighbour.

Neighbour disse que vendeu ações na bolsa alemã DAX aos 7.300 pontos e está considerando deixar a posição vendida no setor bancário, ou seja, apostando em novas quedas nas ações de bancos.

(Reportagem de Sudip Kar-Gupta)