Ações asiáticas caem com mudança de foco para negociações fiscais nos EUA

quarta-feira, 28 de novembro de 2012 08:37 BRST
 

TÓQUIO, 28 Nov (Reuters) - As ações asiáticas interromperam uma sequência de sete dias seguidos de ganhos nesta quarta-feira, ao passo que os investidores se preocupam que a falta de progresso nas negociações sobre os problemas orçamentários dos Estados Unidos possa colocar a maior economia do mundo em recessão, arrastando o crescimento global consigo.

Às 7h58 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,37 por cento, recuando das máximas em quase três semanas registradas na terça-feira, com os setores de materiais e energia liderando as quedas.

"A economia global, China, Europa, precisam que a economia norte-americana cresça, e por isso que a pressão para conseguir esse acordo está maior do que antes", afirmou o corretor de derivativos do Houston-based Atlas Commodities, Carl Larry. "A economia global não pode aguentar que os Estados Unidos caia novamente em recessão."

As ações australianas dependente de matérias-primas recuaram 0,21 por cento, abaixo das máximas de duas semanas de terça-feira, à medida que as principais mineradoras caíram devido a preços mais baixos do ouro.

O índice de Xangai caiu 0,9 por cento, para o menor nível em quase quatro anos, com os setores sensíveis ao crescimento tendo queda, ampliando as perdas depois do fechamento de terça-feira para abaixo de 2 mil pontos pela primeira vez desde janeiro de 2009.

O índice Nikkei do Japão cedeu 1,22 por cento, depois de ter encerrado na terça-feira na máxima em sete meses.

O índice de Seul encerrou em baixa de 0,65 por cento, o mercado recuou 0,62 por cento em Hong Kong e a bolsa de Taiwan teve ligeira alta de 0,06 por cento. Cingapura, por sua vez, encerrou estável.

(Reportagem de Chikako Mogi; reportagem adicional de Miranda Maxwell em Melbourne e Luke Pachymuthu em Cingapura)