5 de Dezembro de 2012 / às 19:18 / em 5 anos

Cemig mantém plano de crescer após decisão sobre concessões

Por Anna Flávia Rochas

SÃO PAULO, 5 Dez (Reuters) - A Cemig mantém a intenção de continuar aumentando sua participação no setor elétrico e não irá revisar suas projeções de resultados de curto prazo como consequência de decisões relacionadas às concessões que vencem entre 2015 e 2017.

"Não temos perspectivas de mudanças de guidances... As condições econômica e financeira da Cemig continuam fortes o suficiente para que a gente continue entregando o compromisso estabelecido com os acionistas no plano-diretor", disse o diretor de Finanças da estatal mineira, Luiz Fernando Rolla, em teleconferência nesta quarta-feira.

O executivo acrescentou que a Cemig vai desenvolver "de forma mais agressiva" a divisão de gás natural da empresa, que atua na exploração do combustível na bacia do São Francisco.

"Em dois a cinco anos, o setor de gás da Cemig vai ter um papel importantíssimo no nosso fluxo de caixa", disse Rolla, ao mencionar o interesse em usar o gás também para geração de eletricidade.

Já as projeções da Cemig para os próximos anos só deverão ser atualizadas em 2013, após concluído o processo de revisão tarifária do segmento de distribuição da empresa, que vai até abril. A Cemig faz a atualização de suas estimativas anualmente, em encontro com investidores.

O diretor financeiro acrescentou que a Cemig participará dos próximos leilões de transmissão e geração de energia. "Temos algumas oportunidades de aquisição na área de geração... Temos falado muito em hidrelétrica na parte do leilão, mas a Renova Energia vai participar também", disse, referindo-se à empresa de energia renovável do grupo que atua fortemente no segmento de energia eólica.

A Cemig renovou os contratos de concessão de transmissão com vencimento entre 2015 e 2017 na terça-feira, mas recusou a prorrogação dos contratos de 18 hidrelétricas.

"Os contratos que foram propostos, os valores, não nos permitiriam assumir a gestão por conta do risco ambiental e operacional", disse Rolla, sobre as usinas não renovadas.

A empresa ainda espera poder renovar pelas regras antigas as concessões das usinas São Simão, Miranda e Jaguara. Rolla disse que as argumentações técnicas em favor desse pleito foram bem recebidas pela comissão mista que avalia a medida provisória sobre a renovação das concessões no Congresso. A Cemig não descarta buscar a renovação dessas usinas na Justiça, se necessário.

Já para as outras usinas que não renovou, a Cemig não acredita que o governo federal poderá alterar as condições de contrato em uma licitação futura para que passem a ser atrativas.

O estudo que fundamentou as decisões da Cemig no processo de renovação das concessões será divulgado quando for convocada a assembleia de acionistas para referendar o tema.

TRANSMISSÃO

No segmento de transmissão, o executivo disse que as regras propostas pelo governo federal para renovação acrescidas de um plano da companhia de reduzir os custos operacionais em 20 por cento permitiram que a empresa prorrogasse os contratos.

"Procuramos incorporar todos os efeitos da MP 579 e da MP 591, além de fatores adicionais que nos foram assegurados pelo Ministério de Minas e Energia e pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica)", disse Rolla.

CRC

A Cemig espera receber ainda em 2012 parte dos créditos com o governo de Minas Gerais referente à Conta de Resultados a Compensar (CRC).

O saldo da Cemig referente ao CRC era de cerca de 5,6 bilhões de reais, de acordo com números divulgados em abril, valor que sofrerá desconto diante da quitação antecipada pelo governo mineiro.

"Nós acreditamos que grande parte dos recursos vai vir antes do fim do ano e o restante no ano que vem, no início de janeiro, provavelmente", disse Rolla.

Segundo ele, o governo de Minas assinou contratos de financiamento com Banco Mundial, Credit Suisse e Agência Francesa de Desenvolvimento para efetuar o pagamento à Cemig. (Edição de Cesar Bianconi)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below