Encomendas à indústria alemã saltam 3,9%, acima das previsões

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 09:47 BRST
 

BERLIM, 6 Dez (Reuters) - As encomendas à indústria da Alemanha subiram bem mais que o esperado em outubro devido a uma forte demanda internacional, especialmente de fora da zona do euro, mostraram nesta quinta-feira dados do Ministério da Economia, dando alguma esperança de que a maior economia da Europa pode evitar uma recessão.

As encomendas, ajustadas sazonalmente e por preços, subiram 3,9 por cento no mês, o maior aumento desde janeiro do ano passado. Esse resultado veio bem acima da previsão em pesquisa da Reuters, em que economistas consultados esperavam que os contratos subissem 0,9 por cento no mês.

As encomendas domésticas avançaram 0,4 por cento, guiadas por um aumento de 4,5 por cento nos bens de capital, e os pedidos internacionais cresceram 6,7 por cento.

"O forte aumento nas encomendas em outubro alivia a tendência negativa na demanda por bens industriais notavelmente", afirmou o Ministério da Economia em comunicado, acrescentando, no entanto, que as empresas domésticas ainda estavam evitando fazer novas encomendas.

"O ambiente econômico continua fraco. A produção industrial deve ficar reprimida nos próximos meses", afirmou o Ministério.

Dados recentes sugeriram que a resistência da Alemanha até agora à crise da dívida da zona do euro está diminuindo, com o crescimento econômico desacelerando para 0,2 por cento no terceiro trimestre.

Economistas esperam que a economia alemã contraia no quarto trimestre, mas melhore logo no primeiro trimestre de 2013.

(Por Madeline Chambers)