Índices dos EUA avançam; rebote da Apple ajuda tecnológicas

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 20:00 BRST
 

Por Ryan Vlastelica

NOVA YORK, 6 Dez (Reuters) - Os principais índices acionários norte-americanos fecharam em alta nesta quinta-feira, um dia antes da divulgação de um importante relatório mensal sobre emprego, com um rebote nas ações da Apple ajudando a impulsionar o Nasdaq.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,30 por cento, para 13.074 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,33 por cento, para 1.413 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,52 por cento, para 2.989 pontos.

Operadores relutaram em fazer grandes apostas na véspera da divulgação do relatório de emprego de novembro na sexta-feira. Apenas 5,62 bilhões de papéis foram negociados em bolsas norte-americanas, abaixo da média móvel diária de 6,48 bilhões de negociações neste ano.

Investidores também seguem atentos às negociações em Washington sobre o abismo fiscal, em busca de um acordo entre o Congresso e a Casa Branca que possa evitar uma série de cortes de gastos e aumentos de impostos que passam a valer automaticamente em janeiro.

"Nesse momento, estamos apenas indo com a maré, querendo saber sobre abismo e emprego", disse o estrategista-chefe de mercados do National Securities em Nova York, Donald Selkin. "O único fator de estabilização é que a Apple teve alta novamente, o que está fornecendo certo apoio para o mercado", completou.

A Apple registrou alta de 1,6 por cento, para 547,24 dólares, revertendo perdas do início do pregão. O papel vinha de sua pior queda diária em quatro anos, que ocorreu na véspera devido a temores em relação a impostos mais altos sobre ganhos de capital em 2013 e a participação da companhia no mercado de tablets.

O índice tecnológico teve a melhor performance entre os 10 principais setores do S&P 500, avançando 0,8 por cento. Papéis relacionados a semicondutores tiveram um rali um dia após a Broadcom projetar receita no quarto trimestre no teto da faixa que estabeleceu como meta.

A ação da Broadcom teve variação positiva de 3,2 por cento, para 33,36 dólares, enquanto o índice de semicondutores PHLX ganhou 1,1 por cento.