BC alemão reduz perspectiva de crescimento devido à crise

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 07:45 BRST
 

FRANKFURT, 7 Dez (Reuters) - O Bundesbank, banco central alemão, reduziu sua perspectiva de crescimento e agora prevê que a maior economia da zona do euro terá uma ligeira expansão em 2013, indicando riscos de uma recessão devido à crise da dívida da zona do euro.

O Bundesbank estima que a economia alemã crescerá apenas 0,4 por cento no próximo ano, ante estimativa anterior em junho de 1,6 por cento.

A revisão foi feita um dia depois de o Banco Central Europeu (BCE) reduzir suas estimativas para o próximo ano, destacando perspectivas de crescimento mais fraco para os principais países do bloco, como Alemanha, França e Holanda.

A Alemanha tem sido um importante motor de crescimento da zona do euro, agora em sua segunda recessão desde 2009, mas a resistência do país à crise está diminuindo e as novas projeções do banco central refletem isso.

"Dada a difícil situação econômica em alguns países da zona do euro e incerteza generalizada, o crescimento econômico será menor do que previsto anteriormente", disse o Bundesbank.

O BC alemão afirmou ainda que há uma chance de a Alemanha entrar em recessão, definida como dois trimestres consecutivos de crescimento negativo.

"Há até mesmo indicações de que a atividade econômica pode cair no último trimestre de 2012 e primeiro trimestre de 2013", disse.

Economistas estimam que a economia alemã irá contrair no quarto trimestre, mas preveem melhora logo nos três primeiros meses de 2013.

(Reportagem de Eva Kuehnen e Sakari Suoninen)