Estado de SP tem capacidade para instalar 4.734 MW de eólicas

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 11:13 BRST
 

SÃO PAULO, 7 Dez (Reuters) - O Estado de São Paulo tem capacidade para instalar 4.734 megawatts (MW) de usinas eólicas e gerar cerca de 13 mil gigawatts-hora (GWh) de energia dessa fonte por ano, segundo dados do Atlas Eólico apresentado pelo governo do Estado nesta sexta-feira.

Foram realizadas medições de vento com a colocação de oito torres de 100 metros de altura no Estado e foi identificada uma área potencial de 1.134 quilômetros quadrados para instalação de eólicas.

Segundo o secretário estadual de Energia, José Aníbal, grande parte dos equipamentos eólicos produzidos no Brasil estão próximos da região de São Paulo, e a instalação dos parques no Estado reduziriam os custos de transporte de equipamentos e de construção de linhas de transmissão.

"O potencial do Estado de São Paulo apareceu nesse novo Atlas, principalmente por conta da tecnologia que evoluiu muito. O fator central é o aumento da altura das torres... Consegue-se captar ventos de forma mais eficiente", disse a presidente-executiva da associação da indústria de energia eólica (Abeeólica), Elbia Melo, a jornalistas.

Segundo ela, o desenvolvimento da tecnologia tem permitido que áreas onde antes não havia potencial de produzir energia eólica passassem a ser consideradas.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que Campinas, Bauru e Sorocaba são algumas das cidades com maior potencial no Estado para energia eólica.

(Por Anna Flávia Rochas)