Pedidos da Airbus sobem em novembro, mas ficam aquém de Boeing

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 16:39 BRST
 

Por Tim Hepher e Cyril Altmeyer

PARIS, 7 Dez (Reuters) - A Airbus confirmou nesta sexta-feira que vendeu 186 aeronaves em novembro, o que a coloca em vias de cumprir sua meta para o acumulado do ano, mas a companhia ainda não supera a diferença em relação ao número de pedidos da rival Boeing.

Entre janeiro e novembro, a Airbus vendeu 646 aeronaves, ou um total líquido de 585 com ajuste para cancelamentos.

A Airbus entregou 516 aeronaves no mesmo período.

A fabricante europeia de aeronaves confirmou os dados publicados pela Reuters na segunda-feira.

A Airbus estabeleceu meta 650 vendas de aeronaves em 2012.

A companhia também pretende vender mais aeronaves do que entrega, um marco que alcançou nos primeiros 11 meses do ano.

A Airbus, no entanto, deve perder o posto de maior fabricante de aeronaves do mundo para a Boeing neste ano, à medida que a empresa norte-americana responde à demanda por um novo tipo de jato de voos médios e grande economia de combustível.

A demanda pelo A320neo trouxe à Airbus uma participação de mercado recorde de 64 por cento em 2011, mas a Boeing perseguiu sua rival em 2012 com fortes vendas de seu competidor 737 MAX.   Continuação...