Superávit comercial alemão diminui devido a exportações fracas

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012 09:19 BRST
 

BERLIM, 10 Dez (Reuters) - O superávit comercial da Alemanha diminuiu em outubro para seu menor nível em mais de seis meses, na medida em que as exportações registraram um crescimento magro devido ao enfraquecimento da demanda dos países atingidos pela recessão no continente.

Os números reiteram que a maior economia da Europa vai contrair no quarto trimestre do ano em meio a uma desaceleração nas exportações, essenciais ao crescimento alemão.

As importações subiram 2,5 por cento em outubro, resultado mais forte que o aumento de 0,3 por cento nas exportações que seguiram uma queda de 2,4 por cento em setembro, segundo dados do Escritório Federal de Estatísticas do país.

"O panorama agora pode ser de recuperação lenta com sinais positivos de crescimento na China e nos Estados Unidos, mas a recessão da zona do euro deverá continuar a pesar sobre as exportações alemãs", disse o analista Christian Schulz, do Berenberg Bank. "Um superávit comercial em queda pode enfraquecer ainda mais o PIB no quarto trimestre".

A Alemanha tem sido um motor de crescimento durante a crise de três anos do euro, mas a fraqueza em outras regiões da União Europeia, destino de 60 por cento dos produtos exportados alemães, está começando a afetar o país.

(Por Noah Barkin)