Ambev descarta adesão ao Novo Mercado em reorganização societária

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012 11:13 BRST
 

SÃO PAULO, 10 Dez (Reuters) - A Ambev não trabalha com a possibilidade de adesão ao segmento Novo Mercado da BM&FBovespa, apesar dos termos de reorganização societária anunciados na sexta-feira deixarem a companhia de bebidas dentro de vários pontos do regulamento de máxima governança da bolsa.

A informação é do vice-presidente financeiro da empresa de bebidas, Nelson Jamel, em teleconferência com jornalistas nesta segunda-feira.

"A gente está incluindo elementos substancialmente similares aos que estão presentes no Novo Mercado", disse Jamel, citando direito a voto a todas as ações, oferta de "tag along", membros independentes no Conselho de Administração e aumento do dividendo mínimo obrigatório de 35 para 40 por cento do lucro.

"É óbvio que alguns elementos que não foram considerados necessariamente críticos ou relevantes a essa altura para melhoria de nossa governança tenham ficado fora (...) Nossa intenção foi fechar diferenças contra nossos principais pares globais", acrescentou.

Segundo o executivo, entre as principais cinco fabricantes de cerveja do mundo, apenas a Ambev tem mais de uma classe de ações com direitos diferentes para cada grupo de investidores.

Ele citou o nível de ações em circulação no mercado entre os pontos em que não seriam necessários ajustes para uma eventual migração para o Novo Mercado.

"Nosso número hoje (de free float) é de 29 por cento, o que até atenderia esse ponto, mas como a ação da Ambev já é bastante líquida a gente entende que não seja um ponto relevante hoje, tão pouco é um ponto que existe entre as práticas de nossos pares globais", disse Jamel.

Nesta segunda-feira, a ação ordinária da Ambev saltava quase 10,40 por cento às 11h07, aproximando o preço do papel da preferencial, que recuava 1,44 por cento. A relação de troca proposta na reorganização é de 1 ação preferencial por 1 ordinária.

A Ambev estima redução dos custos operacionais e administrativos com a reorganização.   Continuação...