Mangels decide fechar unidade de São Bernardo, em SP

terça-feira, 11 de dezembro de 2012 10:47 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Mangels Industrial informou nesta terça-feira que seu conselho de administração resolveu encerrar as operações da unidade de serviços de aço em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, para cortar custos e reduzir dívidas.

A metalúrgica, que é fornecedora da indústria automotiva e que em setembro concluiu a venda de sua área de galvanização em Guarulhos (SP) para a norte-americana Armco Staco por 15 milhões de reais, informou que com o fechamento da unidade em São Bernardo vai descontinuar negócios de têmpera, relaminação e centro de serviços de aço e transferir os trabalhos de estamparia para Três Corações (MG).

"A medida visa à alienação de ativos e corte de custos, com o objetivo de reduzir a dívida da companhia e melhorar sua rentabilidade no médio prazo, possibilitando maior foco em negócios que considera estratégicos ou em que é líder de mercado", informou a Mangels em comunicado ao mercado. A empresa decidiu focar suas atenções em negócios envolvendo rodas e cilindros e aços.

Fundada em 1928, a Mangels tem cerca de 12 unidades em oito Estados do Brasil, com mais de 2 mil colaboradores. A empresa não informou o número de empregados na unidade de São Bernardo.

A companhia acumula de janeiro a setembro prejuízo de 24,8 milhões de reais, ante resultado negativo de 4,7 milhões no mesmo período de 2011.

(Por Alberto Alerigi Jr.)