12 de Dezembro de 2012 / às 19:59 / 5 anos atrás

Dólar cai 0,11% após atuação do BC e anúncio do Fed

Por Danielle Fonseca

SÃO PAULO, 12 Dez (Reuters) - O dólar fechou em leve queda ante o real nesta quarta-feira depois que o Banco Central vendeu dólares com compromisso de recompra e o Federal Reserve, autoridade monetária dos Estados Unidos, prometeu injetar dinheiro na economia americana.

As injeções de dólares do Fed para estimular a maior economia do mundo podem se refletir em fluxos cambiais para países emergentes como o Brasil.

A moeda norte-americana caiu 0,11 por cento, encerrando a 2,0754 reais na venda. Durante o dia, a moeda oscilou entre 2,0706 reais e 2,0806 reais. Segundo dados da BM&F, o volume negociado foi de 2,552 bilhões de dólares.

“As ações e declarações de diretores do BC e do próprio (presidente do BC, Alexandre) Tombini, mostraram que eles querem o dólar um pouco mais baixo, com receio de um impacto na inflação”, disse o diretor-executivo da NGO Corretora, Sidnei Nehme.

O BC realizou nesta manhã dois leilões de venda de dólares com compromisso de recompra em janeiro e fevereiro, em uma estratégia para dar liquidez ao mercado de câmbio no final do ano. A autoridade monetária já tinha feito leilões deste tipo, também conhecidos como “leilão de linha”, na segunda-feira da semana passada.

O BC passou a agir com força para segurar as cotações do dólar depois que a moeda raspou em 2,14 reais no final de novembro, impulsionada por expectativas de que o governo favoreceria um real mais fraco para impulsionar as exportações.

Mas as intervenções do BC e anúncios de medidas que estimulam a entrada de dólares no país jogaram água fria nessas expectativas.

Além disso, nos últimos dias, várias autoridades do BC expressaram preocupação com a volatilidade no câmbio e a inflação, reforçando a percepção de que a autoridade monetária não perimitirá que o dólar suba muito.

Alguns analistas não descartam medidas mais agressivas para dar liquidez ao mercado de câmbio no fim do ano.

“O fluxo cambial está negativo no começo de dezembro e leilão de linha só dá liquidez agora, mas o mercado pode começar a dar sinais de que precisa de mais dólares no mercado à vista”, afirmou Nehme, da NGO Corretora.

O fluxo cambial --entrada e saída de moeda estrangeira no país-- registrou saída líquida de 1,350 bilhão de dólares até o dia 7 deste mês, informou o BC nesta quarta-feira. Em novembro, o fluxo foi positivo.

A queda do dólar também se deveu à decisão do Fed de substituiu um programa de estímulo mais modesto que vence no final do ano por uma nova rodada de compra de Treasuries.

Analistas ponderaram, no entanto, que o estímulo do Fed pode não se traduzir em grandes fluxos cambiais para o Brasil.

“Para mim está claro que o Brasil não vai ser o caminho desses recursos, nossa bolsa está carente de atratividade, há muitas intervenções do governo e os juros não estão mais dando muito espaço para arbitragem”, disse Nehme.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below