Audi decide em 2013 se voltará a produzir no Brasil

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012 10:30 BRST
 

SÃO PAULO, 13 Dez (Reuters) - A fabricante de carros de luxo alemã Audi deve definir no próximo ano se voltará a produzir no Brasil, em meio ao impacto do novo regime automotivo Inovar-Auto, que estabeleceu cotas de importação sem elevação de impostos para montadoras que não possuam fábricas no país.

"Estamos na fase inicial do projeto, ainda sem nada definido", disse o presidente da filial brasileira da Audi, Leandro Radomile, durante evento do setor de importadores de veículos, na quarta-feira.

Entre início de 2000 e meados de 2006 a Audi chegou a produzir o hatch A3 na fábrica da Volkswagen, sua controladora, em São José dos Pinhais (PR).

Se optar pela volta da produção local, isso pode livrar a empresa da cota de 4.800 veículos de importação por ano sem incidência de 30 pontos percentuais do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

A marca tem planos de vender cerca de 5.700 carros no Brasil em 2012 e, de janeiro a novembro deste ano, o volume licenciado somou 4.317 unidades, queda de 6 por cento sobre o mesmo período de 2011. Para 2013, a expectativa é de vendas de 7.500 carros.

Segundo Radomile, em declarações confirmadas pela assessoria de imprensa da Audi nesta quinta-feira, uma das possibilidades para a produção no Brasil seria usar instalações da fábrica paranaense da Volkswagen. "É mais fácil adaptar uma planta do que construir uma nova", disse o executivo.

Com a expansão do mercado brasileiro, que deve bater o sexto recorde consecutivo de vendas em 2012, o segmento de veículos de luxo tem avançado no país. No final de outubro, a BMW foi a primeira marca de luxo a anunciar planos para construir uma fábrica no Brasil, em investimento inicial de 200 milhões de euros. Além da BMW, a Land Rover já divulgou que está avaliando a construção de uma fábrica no Brasil.

Segundo a Volvo, o mercado de automóveis de luxo no Brasil deve passar de 50 mil unidades em 2012 para entre 120 mil e 130 mil veículos em 2016.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

 
Visitantes olham Audi A3 em dia de visita da mídia ao Salão de Paris. A fabricante de carros de luxo alemã Audi deve definir no próximo ano se voltará a produzir no Brasil, em meio ao impacto do novo regime automotivo Inovar-Auto, que estabeleceu cotas de importação sem elevação de impostos para montadoras que não possuam fábricas no país. 27/09/2012 REUTERS/Christian Hartmann