BG nomeia novo CEO para acelerar projetos no Brasil e Austrália

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012 16:42 BRST
 

LONDRES, 13 Dez (Reuters) - A BG nomeou Chris Finlayson como o novo presidente-executivo, encerrando um ano de busca por alguém pensado para manter o controle sobre os custos e conseguir desenvolver os gigantes projetos de crescimento que o grupo de gás participa.

Finlayson, que trocou a Royal Dutch Shell pela BG em 2010, estava em uma lista que incluía o diretor financeiro Fabio Barbosa e o diretor de operações Martin Houston.

Ele vai supervisionar grandes projetos na Austrália e no Brasil que precisam ser colocados em operação. Tal como acontece com outras grandes companhias de petróleo, a BG tem sofrido com custos crescentes e pode ter que vender participações para financiar o seu desenvolvimento.

Finlayson, de 56 anos, assumirá em 1o de janeiro no lugar de Frank Chapman, que ficou 12 anos à frente da companhia e se aposentou em junho. Sob o comando de Chapman, a BG cresceu de um produtor do Mar do Norte para uma das 20 maiores petrolíferas mundiais.

Ele é tido como a pessoa com o conhecimento certo para a cultura da BG, e era diretor da área que cuida de projetos de capital, desenvolvimento de campos e outras áreas técnicas.

Anteriormente, ele foi diretor-gerente para a Europa e Ásia central. Na Shell, ele ocupou cargos de liderança na Nigéria, Rússia, Grã-Bretanha e Brunei.

A BG abriu um plano de sucessão no ano passado, dizendo que Finlayson, Barbosa e Houston estavam em uma lista que poderia incluir candidatos externos.

Barbosa, com experiência no Ministério da Fazendo do Brasil e na mineradora Vale e forte candidato, está em licença médica.

DESAFIOS   Continuação...