Campos de petróleo da Nexen no Golfo são essenciais para CNOOC

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012 15:01 BRST
 

Por Charlie Zhu e Michael Erman

RIO DE JANEIRO, 14 Dez (Reuters) - A compra da empresa canadense Nexen Inc pela chinesa CNOOC Ltd pode vir a ser amarga se os reguladores dos EUA impendirem a petrolífera estatal da China de assumir campos no Golfo do México.

Embora os ativos do Golfo sejam apenas uma fração das reservas e produção da Nexen, eles seriam o ponto de apoio à CNOOC para adquirir o "know-how" técnico para perfurar em águas profundas e levar a tecnologia para o Mar Meridional da China.

A CNOOC garantiu o consentimento de Otawa para o acordo de 15,1 bilhões de dólares, a maior aquisição da China no exterior, mas a empresa ainda está à espera de aprovação do governo dos EUA.

"O prêmio da Nexen é a tecnolgia de perfuração em águas ultra-profundas", disse uma pessoa familiarizada com a estratégia de negócios da CNOOC, acrescentando que os ativos do Golfo do México eram "uma das principais razões da compra da Nexen".

A aprovação de Washington também é importante para a CNOOC, uma vez que a companhia quer ser aprovada como uma operadora nos Estados Unidos, depois dos políticos americanos terem bloqueado sua oferta pela Unocal em 2005, de acordo com outra fonte.