14 de Dezembro de 2012 / às 20:18 / em 5 anos

Vale e Petrobras sobem forte e impulsionam Bovespa

Por Danielle Assalve

SÃO PAULO, 14 Dez (Reuters) - A Bovespa descolou dos mercados externos e encerrou a sexta-feira em alta, impulsionada pelo forte avanço das blue chips Vale e Petrobras, reflexo de ajustes para o vencimento de opções sobre ações na próxima segunda-feira.

O Ibovespa fechou em alta de 0,49 por cento, a 59.604 pontos, após ter chegado a marcar valorização de 0,9 por cento na máxima intradiária. O giro financeiro do pregão foi de 7,8 bilhões de reais, um pouco acima da média diária.

Com isso, o índice conseguiu emplacar sua segunda alta semanal consecutiva e acumular alta de 3,7 por cento em dezembro e de 5,0 por cento no ano.

“Parece que o mercado está tentando puxar um pouco para cima os preços da bolsa nesse fim de ano”, disse o analista João Pedro Brugger, da Leme Investimentos em Florianópolis.

A expectativa é que a semana que vem seja decisiva para os mercados, já que aproxima o prazo final para que os líderes dos EUA cheguem a um acordo sobre o chamado abismo fiscal.

Brugger também destacou também que a tendência é que a liquidez do mercado comece a secar a partir da próxima semana, com a aproximação das festas de fim de ano.

Dentre as principais influências positivas nesta sexta-feira, destaque para a ação preferencial da Petrobras, que subiu 3,27 por cento, a 20,21 reais, e para a da Vale, com alta de 3,17 por cento, a 39,75 reais.

Além de movimentações para o vencimento, operadores afirmaram que os papéis da mineradora também foram impulsionados por dados que indicaram que o setor manufatureiro da China deve se expandir em ritmo mais acelerado em dezembro.

A produção industrial dos Estados Unidos --que registrou a maior elevação em quase um ano em novembro-- também foi outro número positivo divulgado nesta sexta-feira.

Mas os dados não foram suficientes para animar os mercados globais, com as preocupações sobre o impasse fiscal nos EUA tirando o apetite por ativos de risco nos mercados globais.

Em Nova York, o índice Dow Jones tinha leve queda de 0,39 por cento e o S&P 500 recuava 0,52 por cento às 18h11 (horário de Brasília). Mais cedo, o principal índice europeu de ações fechou em queda de 0,13 por cento.

Na bolsa paulista, as ações da empresa aérea Gol lideraram os ganhos do Ibovespa, com alta de 8,33 por cento, enquanto Rossi Residencial foi a maior queda, de 6,67 por cento.

A preferencial da Usiminas recuou 5,29 por cento, após analistas do Credit Suisse cortarem a recomendação e preço-alvo para as ações da siderúrgica brasileira.

AES Eletropaulo fechou em baixa de 5,5 por cento, após a distribuidora de energia ter sido condenada a pagar à Eletrobras 1,3 bilhão de reais relativos a um contrato de financiamento da década de 1980.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below