AgRural eleva previsão de safra de soja do Brasil 12/13

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012 08:32 BRST
 

SÃO PAULO, 17 Dez (Reuters) - A safra de soja do Brasil da temporada 2012/13 foi estimada em um recorde de 82,2 milhões de toneladas, um ligeiro crescimento ante a previsão de novembro, de acordo com pesquisa realizada pela consultoria AgRural divulgada nesta segunda-feira.

"Com o plantio já encerrado em 98 por cento da área estimada à soja no Brasil até esta sexta (14), e faltando cerca de um mês para o início da colheita em várias regiões de Mato Grosso e do Paraná, a expectativa de produção recorde de soja na safra 2012/13 permanece", afirmou a AgRural, em relatório.

No levantamento de novembro, a consultoria havia estimado uma safra de 81,9 milhões de toneladas.

A se confirmar a previsão, o Brasil poderá ter um crescimento de 24 por cento na safra, na comparação com a registrada na temporada passada, quando a seca afetou os cultivos no Sul do Brasil.

Além disso, a previsão tem como base uma área plantada também recorde, de 27,9 milhões de hectares, crescimento de 11 por cento ante a temporada passada, com produtores sendo estimulados a plantar e a investir nas lavouras diante de preços recordes da oleaginosa.

A produtividade média da safra foi estimada em 49,1 sacas por hectare.

"Este número é resultado do primeiro levantamento estadual de produtividade feito pela AgRural nesta safra, e que já leva em conta os efeitos das condições climáticas observadas até agora sobre o potencial produtivo das lavouras", disse a AgRural.

Até o mês passado, a AgRural trabalhava com a produtividade indicada pela linha de tendência de dez anos, que era de 48,9 sacas por hectare.

O Brasil poderá na safra atual se tornar o maior produtor de soja do mundo, superando os Estados Unidos, que tiveram problemas com a pior seca em mais de meio século neste ano. Os EUA já colheram sua safra.

"Vale lembrar, entretanto, que muitas lavouras (do Brasil) ainda têm um longo caminho a percorrer até que seu potencial produtivo se transforme em produtividade", disse a consultoria.

(Por Roberto Samora)