Esperanças com "abismo fiscal" impulsionam ações asiáticas

terça-feira, 18 de dezembro de 2012 07:56 BRST
 

TÓQUIO, 18 Dez (Reuters) - As ações asiáticas e outros ativos de risco subiram nesta terça-feira, com sinais de compromisso alimentando otimismo de que as negociações orçamentárias do "abismo fiscal" norte-americano podem ser acertadas antes que aumentos de impostos e cortes de gastos comecem a valer no início do ano que vem.

As diferenças sobre como resolver o abismo fiscal estreitaram-se significativamente na segunda-feira à noite, uma vez que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez uma contraproposta aos republicanos que inclui uma mudança importante na posição sobre o aumento de impostos para ricos, de acordo com uma fonte familiar com as negociações.

"O mercado verá qualquer avanço nas negociações como positivo para a confiança, que tem sido abatida por fluxos diários de briga política", afirmou o operador de vendas do CMC Markets Ben Taylor em relatório.

Às 7h50 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,21 por cento, acompanhando ganhos das ações globais na segunda-feira. O índice interrompeu uma sequência de oito dias de ganhos na segunda-feira com investidores realizando lucros após o rali da semana passada.

As ações regionais também tomaram um direcionamento a partir de fatores locais.

As ações australianas ganharam 0,48 por cento, atingindo o maior nível em 17 meses, com o setor de recursos básicos em alta devido a um aumento nos preços do minério de ferro para a máxima em cinco meses.

As ações de Seul avançaram 0,51 por cento, mas chegaram a ter desempenho inferior a outros índices da região, ao passo que investidores estavam relutantes em formar posições antes da eleição presidencial da Coreia do Sul na quarta-feira.

No Japão, o índice Nikkei subiu 0,96 por cento, para o maior nível em oito meses e meio, e encerrou próximo da marca técnica de 10 mil pontos, com o sentimento impulsionado pela ampla vitória do conservador Partido Liberal Democrata no domingo.

O mercado teve ligeira queda de 0,08 por cento em Hong Kong e a bolsa de Taiwan subiu 0,16 por cento, enquanto o índice referencial de Xangai ganhou 0,10 por cento. Cingapura encerrou praticamente estável, com queda de 0,06 por cento.

(Reportagem de Chikako Mogi; reportagem adicional de Victoria Thieberger em Melbourne e Manash Goswami e Melanie Burton em Cingapura)