China impulsiona produção global de aço em novembro

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012 17:09 BRST
 

LONDRES, 20 Dez (Reuters) - A produção global de aço subiu em novembro, em comparação com o mesmo período do ano passado, impulsionada por um mais forte crescimento na produção chinesa, mostraram dados da indústria nesta quinta-feira.

A produção global de aço bruto cresceu 5,1 por cento para quase 122 milhões de toneladas em novembro, de acordo com a World Steel Association (Worldsteel).

A China, que produz quase metade da produção global de aço e é também o maior consumidor do produto, registrou crescimento de 13,7 por cento na comparação anual para 57,5 milhões de toneladas.

"Certamente existe uma retomada na demanda: estamos tendo sinais mais positivos do mercado e preços estão subindo, mas parte disso é estoque que está sendo constituído e que chegará a um fim em algum ponto", disse o analista da Meps, Kaye Ayub.

"Os chineses estão produzindo muito novamente para reduzir seus preços, mas isso irá eventualmente prejudicar os preços, é uma estratégia de certo risco."

Meps estima que a produção chinesa tenha deixado de contabilizar cerca de 40 milhões de toneladas este ano. A produção real seria de 760 milhões em 2012 ante os 720 milhões no ano passado, conforme estimativas da consultoria.

A Ásia, como um todo, reportou saudável crescimento de 9,2 por cento em novembro com a Índia aumentando a sua produção em 6,6 por cento para 6,4 milhões. Já a Coreia do Sul e Taiwan viram quedas de 3 por cento e 13 por cento, respectivamente.

A maioria dos outros grandes produtores em países em desenvolvimento reduziu a produção para lutar contra o excesso de oferta em um cenário de redução da demanda.

A União Europeia cortou a produção em 5,3 por cento para 13,5 milhões de toneladas em novembro, na comparação anual, enquanto a produção do Japão caiu 2,3 por cento para 8,5 milhões de toneladas. A produção dos Estados Unidos caiu em cerca de 5 por cento para 6,7 milhões, mostraram os dados da Worldsteel.

(Por Silvia Antonioli e Harpreet Bhal)