21 de Dezembro de 2012 / às 20:03 / 5 anos atrás

Ibovespa cai na sessão, mas marca 3a alta semanal consecutiva

Por Danielle Assalve

SÃO PAULO, 21 Dez (Reuters) - A Bovespa cedeu à realização de lucros nesta sexta-feira, pressionada pelo impasse nas negociações fiscais nos Estados Unidos, mas conseguiu garantir sua terceira alta semanal consecutiva e caminha para registrar seu melhor desempenho mensal desde janeiro.

O Ibovespa encerrou a sessão em baixa de 0,44 por cento, a 61.007 pontos. A proximidade das festas de fim de ano reduziu a liquidez do pregão --o giro foi de 6,53 bilhões de reais, ante média diária de 7,3 bilhões de reais em 2012.

Ainda assim, o índice acumulou alta de 2,35 por cento na semana e de 6,15 por cento em dezembro. Faltando apenas três pregões para o fim do ano, o Ibovespa acumula valorização de 7,5 por cento em 2012, no que deve ser o melhor resultado anual desde 2009.

Nesta sessão, a piora do cenário externo contaminou os negócios na bolsa paulista, com investidores cada vez menos esperançosos de que democratas e republicanos conseguirão chegar a um acordo a tempo de evitar uma crise fiscal nos EUA.

“O problema é que o mercado criou uma expectativa positiva nos últimos dias, de que as negociações estavam evoluindo e de que se chegaria a um acordo antes do fim do ano, mas agora isso parece cada vez mais difícil”, disse o economista Silvio Campos, da Tendências Consultoria, em São Paulo.

“O risco aumentou, embora ainda seja mais provável que republicanos e democratas alcancem algum acordo, porque do contrário seria muito ruim para todos”, acrescentou.

Se nada for feito, cerca de 600 bilhões de dólares em cortes de gastos e aumentos de impostos entrarão automaticamente em vigor no início de 2013 nos EUA, ameaçando jogar a maior economia mundial novamente em recessão.

Em Nova York, o índice Dow Jones tinha queda de 1 por cento e o S&P 500 perdia 1,02 por cento às 17h54 (horário de Brasília). Mais cedo, o principal índice europeu de ações fechou em queda de 0,32 por cento.

Na bolsa paulista, o setor de commodities pesou no Ibovespa. A preferencial da Vale caiu 0,76 por cento, a 40,50 reais, e a da Petrobras perdeu 1,71 por cento, a 20,69 reais. OGX teve baixa de 0,70 por cento, a 4,25 reais.

A empresa de varejo eletrônico B2W e a incorporadora Gafisa lideraram as perdas do índice, com quedas de 5,2 e 2,68 por cento, respectivamente.

Em sentido oposto, empresas do setor elétrico foram destaques positivos do índice.

AES Eletropaulo disparou 9,54 por cento após anunciar pagamento de 54,3 milhões de reais em juros sobre capital próprio.

Cemig subiu 6,05 por cento, seguindo o anúncio de pagamento de um total de 3,3 bilhões de reais em dividendos extraordinários e juros sobre capital próprio.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below